30 de maio de 2015

Inexplicáveis desaparecimentos de pessoas...



O Desaparecimento de 650 fuzileiros:

Durante a invasão francesa da Indochina nos meados do século XIX, uma coluna de 650 fuzileiros marchou para Saigon, desaparecendo sem nem mesmo ter encontrado o inimigo. Nuca mais foram vistos. 
A possibilidade de que os fuzileiros pudessem ter sido emboscados pelas forças vietnamitas foi descartada já que um outro grupo seguia de perto os fuzileiros e não ouviu os sons de um encontro armado, nem encontrou armas espalhadas, equipamentos ou corpos.
As precedentes histórias de casos são bem conhecidas de diversos pesquisadores, tendo até especialistas paranormais.
Elas são os "casos clássicos" que servem como uma introdução aos casos mais recentes que permanecem igualmente inexplicáveis, sendo um lembrete para o investigador determinado, que outros percorreram o caminho antes e não foram capazes de encontrar as respostas.

O Desaparecimento das crianças e do soldado:

Quando o sensitivo holandês Gerard Croiset foi empregado pela polícia porto-riquenha em meados dos anos de 1970 para encontrar duas crianças, filhas de um milionário local, ele concluiu, aterradoramente, que as crianças não estavam em lugar algum deste plano físico. Não disposta a ser cegada pelo que eles encaravam como misticismo, os policiais agradeceram a Croiset e reativaram suas investigações pelos meios convencionais: as crianças permanecem desaparecidas até hoje.
José Maria Carnero, um estudante de medicina de 26 anos, desapareceu da face da terra em abril de 1987 enquanto realizava manobras em sua unidade militar na base militar de Montelareina, em Zamora, Espanha.
Relatos indicam que José Maria se perdeu de seu esquadrão em meio a uma tempestade de raios, enquanto outros soldados tentavam encontrar abrigo sob as árvores.
O jovem homem nunca mais foi visto, mesmo depois da maciça busca do exército espanhol, que até hoje o lista como um desertor.

O caso do acidente de caminhão:

O autor Salvador Freixedo, que olha estes assuntos de desaparecimentos bizarros como parte de seu livro "La Granja Humana", cita o caso curioso de um acidente de veículos em Burgos, Espanha, que causou a morte de várias pessoas e o desaparecimento de um menino de 10 anos de um dos caminhões envolvidos no acidente.
Ele não foi encontrado entre as vítimas do acidente e nunca mais foi visto.
A polícia iniciamente acreditou que o menino estivese vagando em um estado amnésico e fez uma busca completa na área, no que também teve a participação de civis, e nada foi descoberto.
Para poder encerrar o caso, as autoridades sugeriram que o garoto havia se desintegrado, porque de fato o caminhão onde ele era passageiro tinha uma carga de ácido sulfúrico.
No entanto peritos criminais comentaram que isso também não seria possível, pois mesmo que o corpo de menino tivesse sido corroído pelo ácido, haveria no local vestígios do "derretimento" do corpo, pois aconteceria um processo químico que produziria um resíduo do processo, caso que não exisitia no local do acidente. Portanto a desintegração por ácido foi descartada pela polícia.
O menino nunca mais foi visto em parte alguma.

O Misterioso Desaparecimento de Oliver Thomas:

No dia 24 de dezembro de 1909 a família do garoto Oliver Thomas de 11 anos de idade se reuniu à noite com amigos e familiares para comemorar a noite de Natal na pequena cidade de Brecon, na Inglaterra.
Tudo saíria normal, não fosse quando o garoto Oliver Thomas saiu com um balde para buscar água no poço da casa, localizado à poucos metros de distância, quando de dentro da casa gritos de socorro foram ouvidos.
Era a voz de Oliver Thomas gritando "Socorro, me pegaram".
Quando todos saíram para ver o que estaria acontecendo, não encontraram o garoto Oliver.
Seguindo seus passos marcados na neve, notaram que de uma forma misteriosa suas pegadas cessaram após 20 metros de distância, não tendo mais sinais de marcas na neve.
De repente todos começaram a ouvir a voz de Oliver pedindo socorro, mas de uma forma estranha o som vinha do alto.
Era como se algo o tivesse levantado do chão e o levado para o alto.
Durante alguns instantes todos podiam ouvir a voz de Oliver no alto, sendo que a voz foi se afastando e ficando baixa até desaparecer por completo.
Diversas buscas foram realizadas, mas nenhuma pista foi encontrada.
Não haviam outras marcas na neve ou qualquer outro tipo de evidência.
Embora por muito tempo as buscas continuassem, Oliver Thomas nunca mais foi visto, e nem tão pouco qualquer pista dele foi encontrada.

MISTÉRIOS!!! INSONDÁVEIS MISTÉRIOS!!! Há uma teoria segundo a qual haveria uma espécie de portal interplanetário pelo qual as pessoas seriam levadas. Mas, nada está comprovado...

Nenhum comentário:

Postar um comentário